ArbitragemDestaque

A história de Gustavo Feijó, o “maestro do futebol” que todo mundo gosta

De hábitos simples e entre os mais queridos dirigentes do esporte nacional, o filho da Dona Cecília se torna um dos pontos de equilíbrio da CBF e seu bom exemplo ajuda resgatar credibilidade da entidade

Gustavo Feijó posa ao lado de sua esposa, e dois de seus três filhos. Foto: Arquivo pessoal.

Ele é uma figura fácil de encontrar no futebol. Como todo brasileiro, ao longo de sua infância tinha algumas paixões, e como não poderia ser diferente, uma delas sempre foi o esporte. Filho do saudoso “Seu Nelson”, desde pequeno Gustavo Feijó aprendeu junto dos seus seis irmãos a lidar com as dificuldades da vida. Mas nada foi fácil. Com a disciplina de quem quer vencer, correu atrás dos seus objetivos e pouco tempo depois tornou-se uma das personalidades mais respeitadas do futebol brasileiro.

Além de ter gerido por alguns anos o CRB, tradicional clube alagoano, Feijó também deixou seu legado em Boca da Mata, município que se desenvolveu em educação, na segurança pública e, principalmente, na saúde ao longo e sua gestão. Lembrado até hoje nos lugares que passou pelo aprendizado que é trabalhar a seu lado, o homem de poucas palavras há sete anos é vice-presidente da CBF, pasta que revelou ao país o carisma do dirigente nordestino que venceu o preconceito e se consolidou dentro da entidade.

Com a queda de Rogério Caboclo, ex-presidente da CBF acusado de ter assediado moral e sexualmente uma funcionária, coube ao ex-presidente da Federação Alagoana de Futebol (FAF), assumir um protagonismo que poucos no país teriam habilidade. Bem relacionado na política, com bom trânsito entre os clubes e consciente de que é necessário fortalecer as federações para que a base esportiva do nosso país possa ser estimulada, hoje sua principal missão é a de resgatar a credibilidade da CBF, arranhada pelo ex-presidente que a deixou exposta em rede nacional.

Quase sempre entre os primeiros a chegar e um dos últimos a sair, Gustavo que recusa rótulos poderia facilmente incluir “trabalho” em seu sobrenome. Com uma agenda positiva que ao contrário de outros nunca se nega a receber as pessoas, seu bom exemplo é uma de suas principais características, fator que enobrece sua história e a torna vitrine para todos os esportistas do país.

 

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios