ArbitragemFutebol

Ricardo Marques e o peso de ter perdido o escudo da FIFA

Visivelmente fora de forma, árbitro mineiro aparenta desânimo no campo de jogo e desleixo com a silhueta

Ele foi durante algumas temporadas um dos árbitros mais escalados do país. Com níveis de excelência que justificaram sua entrada e permanência na FIFA, o mineiro Ricardo Marques se popularizou no futebol brasileiro pelas partidas memoráveis que conduziu, especialmente pela forma espontânea de gesticular no campo de jogo.

Mas o tempo passou e a comissão nacional de arbitragem no ano passado resolveu tirá-lo do quadro internacional, sob alegação de que precisava renová-lo. A decisão que caiu como uma bomba no país acabou, como não poderia ser diferente, afetando o seu rendimento técnico no campo de jogo e os motivos passaram a ser visíveis.

Ontem, em partida válida pela Série B do Campeonato Brasileiro, o Náutico protagonizou com o Goiás um jogo tenso nos Aflitos. E mais uma vez a arbitragem foi o centro das atenções. Com reclamações das duas equipes, Ricardo saiu de campo criticado pela atuação que nem de longe lembrou os bons momentos que ele viu no futebol, retrato claro de seu desânimo e, sobretudo, relaxamento com a parte física.

Não precisa ser especialista em fisiologia do exercício para saber que se não estiver preparado, o árbitro terá sérias dificuldades de acompanhar a partida de perto, fator que no caso do mineiro tem sido gritante. Com uma forma física desproporcional, caso não volte a se dedicar como nos anos vitoriosos em que permaneceu na FIFA, pode estar se aproximando o fim da carreira de uma das figuras mais queridas, respeitadas e talentosas da história recente do apito brasileiro, algo que trará para Minas Gerais sérios prejuízos, especialmente aos auxiliares que a cada rodada com ele trabalham.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios