ArbitragemFutebol

Morre em São Paulo o ex-árbitro FIFA José Carlos das Dores

Queda do telhado de casa e pneumonia adquirida no hospital durante sua internação foram as causas da morte do ex-árbitro

Rio – Morreu na manhã deste domingo (26), em São Paulo, o ex-árbitro internacional, José Carlos das Dores. Ele estava internado em um hospital da capital paulista após sofrer uma queda em casa. A informação foi confirmada por amigos próximos que ainda estão consternados com a notícia.

Na galeria dos grandes nomes da arbitragem brasileira, durante décadas dedicou sua vida ao esporte. Participou de diversos torneios nacionais e internacionais como em 1982 (São Paulo) e 1988 (Austrália). Em 1996, representou o Brasil no mundial de Barcelona, na Espanha, oportunidade em que se tornou um dos maiores ícones do segmento em todo o mundo.

Logo que foi confirmada a morte de José Carlos das Dores, uma enxurrada de homenagens foram postadas por amigos, fãs e familiares nas redes sociais. Abalado com a notícia, Daniel Pomeroy, ex-árbitro contemporâneo de Das Dores, falou sobre a morte do amigo.

– É uma perda enorme para o esporte nacional. Ele sempre representou a arbitragem salonista com garbo, eficiência e inteligência, conduzindo com maestria as partidas em que era designado. Foi um dos que, ao lado de Mario Lopes, diretor de árbitros da Confederação Brasileira de Salão (CBFS), propunha algumas alterações nas regras, justamente pela importância de sua história.

Emocionado, Pomeroy relembrou momentos que marcaram sua amizade com Das Dores, quando ambos faziam as marcações nas quadras, para que a arbitragem pudesse desempenhar a atividade com excelência.

– Era um amigo querido e uma pessoa fantástica. Normalmente quando tínhamos mundialitos de futsal na praia de Copacabana, no Rio, chegávamos antes e ajudávamos nas marcações das linhas justamente para facilitar o trabalho da arbitragem. Um homem generoso, amigo de toda comunidade esportiva que vai fazer muita falta.

O ex-árbitro Adilson Mattos também lamentou o falecimento do amigo. “Uma parte da história da arbitragem mundial partiu com você, amigo. Que Deus acolha sua alma e dê o conforto aos seus familiares”, lamentou.

Segundo apurou a Tribuna do Apito, o sepultamento de José Carlos das Dores será realizado em uma cerimônia íntima, apenas para os familiares, em um cemitério da capital paulista.

Mostrar mais

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios