ArbitragemMatérias

Prestação de contas: diretoria da ANAF divulga ações realizadas em quase dois anos de mandato

Presidente da ANAF fala em ‘resgate contínuo de credibilidade’ e promete uma série de ações em prol da categoria

São Paulo – Assolada pelo tempo em razão de uma série de discursos sem sentido que por pouco não a fizeram fechar as portas, a Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (ANAF), aos poucos vai resgatando a sua credibilidade diante dos árbitros brasileiros. Com uma frente de trabalho que busca de maneira contínua ampliar o entendimento do que é gestão de arbitragem no Brasil, a entidade segue realizando uma série de ações que visam restabelecer a relação com os seus associados.

Desde que tomou posse como presidente do órgão, o dirigente pernambucano, Salmo Valentim, tem buscado atuar em parceria com a CBF buscando um senso comum na condução do segmento no país. A boa relação ampliada as federações estaduais fez com que o diálogo permanente com quem faz a engrenagem do futebol seja um elo importante na condução de sua gestão.

Buscando dar transparência aos atos realizados por sua atual diretoria, Salmo Valentim divulgou nesta quarta-feira (15), para as entidades estaduais representativas da arbitragem brasileira, o resultado de sua administração até aqui. A proposta de tornar pública sua gestão, segundo o dirigente, é um compromisso com os árbitros que lhe confiaram o voto no último pleito.

– Antes de mais nada é preciso ter respeito pela categoria e esse é um dos nossos principais compromissos. Atuamos para retomar a credibilidade da entidade, reequilibrar suas finanças e implementar um projeto de gestão que auxilie a arbitragem a desempenhar com excelência a sua atividade. A ANAF hoje trabalha para e pelo árbitro, devolvendo aos nossos associados, em uma série de benefícios, o que eles investem em sua entidade classe.

Confira abaixo as informações divulgadas pela associação nacional:

PRINCIPAIS AÇÕES DA ANAF – GESTÃO 2018/2022

✅ Retomada do respeito ao associado antes de qualquer ação;
✅ Reequilíbrio fiscal nas contas da entidade;
✅ Reformulação no formato das contribuições sindicais com a redução da mensalidade limitando tetos e fixando em até 6x a parcela do recolhimento;
✅ Fim da anuidade pondo fim a bi-tributação;
✅ Resgate de sua credibilidade;
✅ Transparência contínua de gestão;
✅ Prestação rigorosa de contas;
✅ Diálogo institucional permanente com a presidência da CBF;
✅ Recomposição de seu corpo jurídico que atua em apoio ao árbitro (a) associado (a);
✅ Canal aberto com as federações de futebol de todo país;
✅ Participação inédita com direito de palavra nos conselhos arbitrais da CBF;
✅ Reuniões presenciais e virtuais com árbitros e sindicados/associações filiados (as);
✅ Participação em audiências públicas na câmara federal para discutir o fortalecimento do futebol e da arbitragem;
✅ Atendimento institucional aos diversos setores da imprensa nacional;
✅ Indicações de profissionais representantes da categoria ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD);
✅ Aquisição de transporte gratuito para todos os profissionais que estiverem em deslocamento durante partidas oficiais;
✅ Aumento de 25% das taxas do Campeonato Brasileiro 2019;
✅ Aumento de 100% das taxas da Copa do Brasil 2020;
✅ Seguro lesão;
✅ Mais de 1 mil atendimentos aos associados (as), em 1 ano e 7 meses de gestão;
✅ Investimento em pessoal nas áreas de: marketing, comunicação e secretaria permanentes;
✅ Realização do Campeonato Brasileiro dos Árbitros;
✅ Criação do PAS (Programa de Apoio aos Sindicatos), visando fortalecer, promover e desenvolver a atividade nos estados;
✅ Liberação extraordinária no valor líquido de R$ 3 mil para as entidades filiadas durante o período de pandemia objetivando apoiar a categoria na compra de cestas básicas;
✅ Cancelamento da cobrança sindical de 2020 em razão da pandemia causada pela Covid-19;
✅ Em parceria com a presidência da CBF; e sua comissão nacional de arbitragem, solicitação de aporte financeiro no valor de três parcelas iguais para os associados (as), como antecipação das taxas de arbitragem, sendo surpreendidos pela presidência da CBF com a doação integral do aporte no valor total de R$ 2,7 milhões aos árbitros e auxiliares do quadro nacional no período pandêmico;
✅ Presença do presidente em 18 estados brasileiros para discutir a arbitragem “in loco”;
✅ Reuniões remotas constantes com presidentes sindicais;
✅ Sorteio de dois carros zero km no fim desta temporada, três carros em 2021 e, mais quatro carros em 2022, somando nove automóveis para os associados (as);

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA ANAF PÓS-PANDEMIA 

✅Convênio médico nacional;
✅ Convênio hoteleiro nacional;
✅ Convênio com uma ou mais redes nacionais de academias para que o associado possa treinar gratuitamente;
✅Carteirinha oficial que conceda aos associados (as), acesso livre a todos os estádios de futebol do país;
✅Convênio com uma rede de cursos de língua estrangeira;
✅ Criação de uma revista eletrônica com todas as informações da gestão 2018/2022 distribuída virtualmente ao associado (a);
✅Realização do Seminário Internacional de Arbitragem;
✅Reativação da Escola de Árbitros da ANAF;
✅Reformulação estatutária;
✅Distribuição de brindes para os associados (as);

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios